A INTELIGÊNCIA ARTIFICIAL É PERIGOSA?

cerebro ai

Neste primeiro artigo do ano de 2016, saindo um pouco do campo da Instrumentação Analítica, tomei como ponto de partida dois outros de Béla Lipták da Control Global e de Jane Wakefield da BBC, para um momento de reflexão sobre até onde poderemos chegar com a evolução da automação, da tecnologia da informação e da inteligência artificial. Afinal, as máquinas um dia vão substituir o homem?

Jane Wakefield da BBC afirma que especialistas acreditam que a inteligência das máquinas se equiparará à de humanos até 2050, graças a uma nova era na sua capacidade de aprendizado. Ela afirma que computadores já estão começando a assimilar informações a partir de dados coletados, da mesma forma que crianças aprendem com o mundo ao seu redor. Isso significa que estamos criando máquinas que podem ensinar a si mesmas a participar de jogos de computador (e ser muito boas neles) e também a se comunicar simulando a fala humana, como acontece com os smartphones e seus sistemas de assistentes virtuais.

robot

Béla Lipták, em seu novo artigo da revista CONTROL GLOBAL, diz que a comunicação instantânea e inteligência artificial revolucionando a automação abrindo um novo capítulo na evolução humana. No entanto, segundo o autor, pessoas como Stephen Hawking e Bill Gates consideram a inteligência artificial descontrolada e mais perigosa do que o aquecimento global, a menos que possa compartilhar valores humanos.

Ele afirma que hoje é a ciência que tem provado que nem o tempo, nem espaço existia antes o que chamamos de Big Bang, e assim como a maçã de Newton e a relatividade de Einstein representou um salto quântico em termos da nossa compreensão do universo, o Big Bang prova que o espiritual e os caminhos científicos podem se mesclar, mas levam a conclusões diferentes, que eles não se fundem, mas se contradizem.

cerebro circuito

A automação abriu uma nova era para a humanidade. Primeiro foi apenas uma ferramenta que serviu ao nosso conforto, uma vez que substitui os nossos músculos e, mais tarde, para as funções de rotina do nosso cérebro, mas hoje nós estamos começando a perceber que nós tínhamos “criado” algo muito maior. Quando projetamos os primeiros aparelhos que fizeram a indústria mais segura e eficiente, nós não percebemos para onde íamos. Em seguida, criamos instrumentos inteligentes, para que eles se autodiagnosticar se havia algo errado. Este caminho levou a robôs, e hoje estamos começando a perceber que essas criações humanas são mais do que escravos mecânicos.

Liptak afirma que hoje  quando os nossos robôs tem inteligência artificial e não só podem construir carros, mas também podem dirigi-los, começamos a perguntar, se esta nossa criação vai fazer seu criador desnecessário? E por isso, não significa apenas que eles podem criar desemprego.

Para Fei-Fei Li, professora da Universidade de Stanford: “Se você pensar, os olhos de uma criança são como um par de câmeras biológicas que tiram fotografias a cada 200 milissegundos, o tempo médio dos movimentos oculares. Então, aos 3 anos de idade, uma criança teria centenas de milhões de fotos. Isso é um grande treinamento”. Ela decidiu ensinar computadores da mesma forma. “Em vez de só me concentrar em criar em algoritmos cada vez melhores, minha ideia é dar aos algoritmos o treinamento que crianças recebem por meio de experiências, quantitativamente e qualitativamente.”

olho-da-inteligência-artificial-24385637

Para Lipták parece que a inteligência artificial não só pode construir e conduzir carros, mas também pode inventar melhores. Se isso é assim, por que eles também não projetam robôs mais inteligentes? Por que eles não melhoram o seu próprio software? Por que eles não ganham inteligência sobre-humana?

Será que um dia o comportamento humano será modelado e convertido em algoritmo dentro de um sistema de inteligência artificial?

Veja mais sobre isso em Control Global: “Is artificial intelligence dangerous?

Tem muito mais material interessante à sua disposição!
Curta a nossa página e compartilhe nossos posts.
www.facebook.com/ianalitica/

_________________________________

www.ianalitica.com.br

Aprendizagem Conectada

Tags: , , , , , ,

Trackbacks/Pingbacks

  1. Tecnologias Emergentes | ianalítica - 22 de março de 2016

    […] Para saber mais sobre Inteligência Artificial, visite o artigo: A Inteligência Artificial é Perigosa? […]

    View Comment
  2. APLICAÇÃO DA INTERNET DAS COISAS NA INDÚSTRIA – 1 | ianalítica - 13 de dezembro de 2016

    […] a mineração e o processamento de dados em alta escala (Big Data) e da Inteligência Artificial (IA)  para tomada de decisão, correlações e previsão de eventos e variáveis; a gestão de ativos […]

    View Comment
  3. APLICAÇÃO DA INTERNET DAS COISAS NA INDÚSTRIA-2 | ianalítica - 28 de dezembro de 2016

    […] semelhantes: Computação na Nuvem; a Tecnologia nos Esportes; Tecnologias Emergentes em 2016; A Inteligencias artificial é Perigosa?  Encontro Técnico Estudantil ISA-ES – Tema: Robótica […]

    View Comment
  4. RETROSPECTIVA IANALÍTICA 2016 | ianalítica - 28 de dezembro de 2016

    […] A INTELIGÊNCIA ARTIFICIAL É PERIGOSA? […]

    View Comment
  5. APLICAÇÃO DA INTERNET DAS COISAS NA INDÚSTRIA – 3 | ianalítica - 6 de janeiro de 2017

    […] semelhantes: Computação na Nuvem; a Tecnologia nos Esportes; Tecnologias Emergentes em 2016; A Inteligencias artificial é Perigosa?  Encontro Técnico Estudantil ISA-ES – Tema: Robótica […]

    View Comment