ANÁLISE DO GÁS NATURAL COM CROMATÓGRAFO

O Cromatógrafo

Em primeiro lugar, antes de falar sobre o Gás Natural, devemos recordar que a cromatografia é uma técnica analítica de alta de grande utilização e de alta resolução, onde os componentes de uma amostra injetada no cromatógrafo são separados dentro de uma coluna cromatográfica (longo tubo fino com enchimento), quando são forçados a trafegar, transportados pelo gás de arraste. No final da coluna cada componente sai separadamente num determinado tempo de transito e seu volume é detectado e medido por uma unidade eletrônica.

O vídeo acima, do canal DEL QFB, mostra as partes de um cromatógrafo e seu funcionamento.

Cromatógrafo para Gás Natural

Assim, chegamos a necessidade de medir os compostos de enxofre nos combustíveis, por serem gases que contribuem para a chuva ácida. 

cromatografo de gás natural

A figura acima mostra aspectos externos do cromatógrafo Emerson 370 X.

O Gás Natural é um combustível de baixo teor de poluentes que vem sendo cada vez mais usados na industria e nos motores de automóveis.

O vídeo acima apresenta o cromatógrafo Emerson para Gás Natural modelo Danalyzer 370X.

Dessa forma temos a análise contínua de H2S residual em Gás Natural. Além de ser um poluente tóxico o H2S provoca formações ácidas na presença de umidade que causa corrosão em equipamentos.

sistema de condicionamento para gás natural

A figura acima mostra o sistema de condicionamento que acompanha o cromatógrafo para uma linha de amostra. Gentileza Emerson.

Para qualificar o Gás Natural este cromatógrafo de aplicação online em áreas classificadas, para instalação tubo vertical, fornece resultados de vários dos seus componentes hidrocarbonetos e outros como: Hexano (C6+), Propano (C3), Isobutano (IC4), Butano (NC4), neopentano (NeoC5), isopentano (IC5), pentano (NC5), nitrogênio (N2), metano (C1), dióxido de carbono (CO2), etano (C2), e hidrogênio sulfídrico (H2S) e BTU, com repetibilidade na faixa de aprox. 0,05% e cálculos conforme a norma ISO 6976.

parte do cromatógrafo para gás natural

A figura acima mostra a parte analítica do cromatógrafo com as colunas, válvulas multivias e detectores. Gentileza Emerson.

As válvulas multivias são responsáveis pela seleção dos gases e encaminhamento da amostra por dentro do cromatógrafo, eles comandam a injeção, dosagem da amostra no “Sample Loop” e o encaminhamento da amostra que elui por diversas seções de colunas dentro do forno do cromatógrafo.

colunas do cromatógrafo para gás natural

A figura acima mostra uma configuração de 4 colunas de separação, um loop de amostragem e 3 válvulas multivias.

No curso presencial de Analisadores Aplicados a Siderurgia abordamos esse tema sobre Cromatógrafos para análise de gases de alto forno e determinação do poder calorífico.

Conheça nossa proposta de Curso de Instrumentação Analítica Industrial

Para saber mais sobre calibrações visite o post METROLOGIA QUÍMICA.

Se você gostou deste post curta a nossa página, compartilhe e registre-se no nosso site para receber as nossas atualizações.

___________________________________________

www.ianalitica.com.br

Aprendizagem Conectada

Tags: , , , , , ,

Redes

Subscribe to our e-mail newsletter to receive updates.

Trackbacks/Pingbacks

  1. RETROSPECTIVA IANALÍTICA 2016 | ianalítica - 28 de abril de 2017

    […] ANÁLISE DO GÁS NATURAL COM CROMATÓGRAFO […]

    View Comment

Deixe uma resposta